Quem foram nossas referências visuais? (parte 2)

Também tomamos como referência artística o pintor e escultor francês Edgar Degas, um dos primeiros a fazer uso da fotografia, utilizando a câmera fotográfica para seus estudos do movimento e da composição. A obra de Degas teve como tema principal as bailarinas em movimento. Ele pintou obsessivamente cenas de bailarinas enquanto elas estavam no palco durante uma apresentação, em seus ensaios e em seus momentos de descanso.

degas-photography-dancers
Fotografia preparatória da pintura. Fonte: https://incubadoradeartistas.wordpress.com/2013/07/19/edgar-degas-o-movimento/
Ballet de Edgar Degas
Edgar Degas Ballet vers 1876 pastel sur monotype H. 0.584 ; L. 0.42 musée d’Orsay, Paris, France ©photo musée d’Orsay / rmn Fonte: http://www.musee-orsay.fr
tmp_7ba999e1ddc8ef00841c3dd14e7c1b80
Edgar Degas Etude pour la danse espagnole entre 1834 et 1917 statuette en cire H. 0.452 ; L. 0.21 ; P. 0.195 musée d’Orsay, Paris, France ©photo musée d’Orsay / rmn. Fonte: http://www.musee-orsay.fr
tmp_e6589ff33a2a70e5f462813c59842cf0
Edgar Degas Danseuse espagnole et études de jambes vers 1882 pastel et crayon noir sur papier H. 0.46 ; L. 0.58 musée d’Orsay, Paris, France ©photo musée d’Orsay / rmn. Fonte: http://www.musee-orsay.fr

Consideramos, ainda, a obra da fotógrafa norte-americana Francesca Woodman, cujos autorretratos registram a impressão de movimentos, dando a sensação de incerteza, de hesitação e de deslocamento. Na definição de Marina Didier Nunes Gallo (2015), os trabalhos de Woodman são “uma ação performática pensada especificamente para a fotografia, na qual o corpo era ao mesmo tempo sujeito e objeto, ligados de forma inseparável”.

Autorretrato, Francesca Woodman
Autorretrato, Francesca Woodman. Fonte: https://lojaouvidor.wordpress.com/2012/01/30/francesca-woodman/

 

Obs.  texto extraído do relatório de atividade de produção apresentado à Universidade Católica de Pernambuco, como requisito para obtenção do título de Especialista em Narrativas Contemporâneas da Fotografia e do Audiovisual. Para o relatório completo acesse aqui.

Gostou? Então acesse o post anterior.

Você também pode vê o ensaio fotográfico.

REFERÊNCIAS

GALLO, Marina Didier Nunes. Francesca Woodman e o lugar de onde eu me olho. Recife: O Autor, 2015.

Museu D’Orsey. <http://www.musee-orsay.fr&gt;

 

4 comentários Adicione o seu

    1. Gratidão Sony! Apareça por aqui sempre que possível. Um grande abraço, Ely.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s